21 maio 2011

PONTO CORRENTE / CORRENTINHA OU CORRENTE





Olá, amiga (o)!



A matéria de hoje vai especialmente para quem ainda não faz crochê... E que queira aprender, é lógico!

Fiz um vídeo que contem:

1 - COMO POSICIONAR O FIO NA SUA MÃO



2 - COMO FAZER O NÓ INICIAL


3 - COMO FAZER O PONTO CORRENTE, CORRENTE  ou CORRENTINHA 


No vídeo abordo a necessidade de se aprender A LINGUAGEM DO CROCHÊ... Minha sugestão é que você comece memorizando seus SÍMBOLOS e ABREVIAÇÕES... Assim quando você se deparar com um gráfico vai entender todos os seus sinais... Veja abaixo seus símbolos...






Veja o vídeo... 






Treine bastante... Sugiro que você desmanchar um novelo de linha ou lã... Depois que suas correntinhas estiverem uniformes... Já é hora de  passar para o ponto seguinte, o PONTO BAIXO...  Depois de treinadinho... Chegou o momento de fazer o MEIO PONTO ALTO... Depois que já estiver craque nele... aprenda o PONTO ALTO... Depois disso você já estará apta a fazer algumas peçinhas mais simples... Comece fazendo amostras de pontos... Depois é só partir para o abraço... 


Esclarecendo duvidas...
  1. AUTORIZO que você publique em seu blog ou qualquer outra página da net os vídeos de minha autoria. Eu os estou disponibilizado para você usá-los...
  2. AUTORIZO post de apenas uma FOTO, dos meus trabalhos... DESDE QUE seja apenas para ilustrar alguma referência que você esteja fazendo ao meu blog...
  3. NÃO AUTORIZO postar fotos dos meus desenhos manuais de gráficos...
  4. NÃO AUTORIZO postar meus gráficos sobre fotos...
  5. NÃO AUTORIZO postar meus passo-a-passo...
  6. Esses são apenas do meu uso...
  7. NÃO AUTORIZO postar meus posts...
  8. Em CONTRAPARTIDA peço apenas um link para a matéria da foto que você estiver usando. Peço, ainda, que me avise para que eu possa comentá-los.
Se restou alguma duvida me pergunte por e-mail ou comentário, que responderei com todo prazer. 

BONS CROCHETS!

COMO EMENDAR E ARREMATAR LINHAS QUANDO TECEMOS UM BARRADO


Olá, amiga(o)!



Hoje quero te mostrar COMO EMENDAR E ARREMATAR LINHAS quando  tecemos um barrado...









Abaixo o gráfico do barrado de crochê...







BONS CROCHETS!

20 maio 2011

COMO ARREMATAR PONTAS DOS FIOS COM AGULHA DE TAPECEIRO




Olá, amiga (o)!


Tudo bem com você? Espero sinceramente que sim...
Hoje quero te mostrar o VÍDEO  que fiz de COMO ARREMATAR PONTAS DE FIOS que ficam no avesso dos nossos trabalhos... Essa Manta de Croche Gatos Coloridos está me propiciando te mostrar várias técnicas que uso no arremate e condução de linha... Essa é apenas mais uma...

Nos inícios das novas cores e também nos finais, por mais que conduzamos os fios, sempre sobram algumas pontinhas para o toque final com a agulha de tapeceiro... E assim o avesso vai ficando todo peludo... Veja quantas pontas...


Já o lado direito vai ficando bem bonitinho. Veja abaixo!




Agora... Imagine essa manta com vários fios conduzidos... Como estaria??? Prefiro o trabalho de arrematar as pontinhas do que um aspecto feio e que me incomodaria para sempre...


Oportunamente farei algum trabalho que necessariamente temos que conduzir fios e que ficam lindos por esse motivo... A cores conduzidas somam a beleza do trabalho... Nesse caso da Manta Gatos Coloridos elas diminuiriam sua beleza... 
Veja o vídeo de hoje...



Espero que tenha gostado...

BONS CROCHÊS!

Abraços com carinho,

Sônia Maria

17 maio 2011

COMO CIRZIR CROCHE




Olá, amiga (o)!


Hoje vamos falar sobre COMO RESTAURAR CROCHÊ, ou seja, Como Consertar uma Peça de Crochê Danificada. 

Você estranhou? É isso mesmo!!! Você nunca restaurou, cirziu ou remendou uma peça de crochê? Uma RESTAURAÇÃO INVISÍVEL, é lógico! Como aqueles que se fazem nos tecidos, não deixando nenhum sinal. 

Não!? 

Eu te afirmo que é possível restaurar crochê, sim! Afirmo, também, que fica perfeito. 

Venha comigo que te mostrarei através de vídeos como faço isso... 

Não podemos desprezar ou descartar uma peça, por menor que seja, simplesmente porque se estragou. Existem aquelas que têm toda uma historia: Que era da avó e que foi da mãe e que agora é sua. E que vai ficar para a filha que depois pode repassar para sua neta. Uma herança de família, que vem dos nossos antepassados queridos. Peças como essas não têm preço. Elas têm, sim, uma valor sentimental incalculável. Queremos preservá-las a qualquer preço, não é mesmo!? Restaurar a peça sem no entanto deixar vestígios disso é a questão. Então, se isso já te aconteceu e você não soube o que fazer, ou se te acontecer algum dia, veja duas das inúmeras soluções para efetuar essa restauração.



Nesse 1º VÍDEO:

Te mostro como RESTAURAR CROCHÊ no centro de uma peça. É difícil, mas é possível. Portanto, de agora em diante se, por um acidente qualquer, alguma de suas peças for danificada, não se desespere, isso não será mais problema. Veja o vídeo que fiz para você te mostrando como consertei um quadradinho de crochê. O vídeo não está muito bom por ter sido filmado à noite e a luminosidade estava péssima. Mas dá para entender direitinho. Veja!




Você viu como estava a minha peça, agora veja como ficou depois da restauração. Eu gostei muito do resultado final. A foto não é das melhores porque fotografei a tela do vídeo. Mas dá para você ter uma noção.




Quando da restauração, se você ainda tiver um restinho de linha, da peça que você teceu, melhor! Se não tiver, a solução é bater pernas nos bazares e procurar muuuito. Não achou? Não se desespere... Procure o mesmo fio com um tom que mais se aproxime da cor da sua peça. A diferença será pequena se comparada a peça danificada. Melhor restaurada do que perdida, não é mesmo?

Use a agulha de croche recomendada pelo fabricante para aquele fio... Assim seu cerzido terá mais possibilidade de ficar invisível. 

Se o fio da sua peça já estiver desbotado devido ao tempo de uso, teça uma pequena amostra com a quantidade de fio que você vai precisar. Depois disso lave a peça por diversas vezes. Deixando de molho em água com sabão e lave-o delicadamente para que desbote até a cor em que se encontra a sua peça. Depois é só tecer. 

E se for branco e a peça está mais amarelada? Vich!!!! Lave e deixa secar com um pouquinho de sabão... Não deu certo? Então mãos à obra... Dê uma boa lavada e clareada na sua peça antiga... Ok?

No 2º VÍDEO te mostro como restaurar uma das partes externas da peça, o que é bem fácil. 







Respondendo a e-mail:

Liane me mandou o seguinte e-mail:
"... Excelente post, quem já não precisou cerzir (a propósito, é cerzir e não cirzir - http://www.dicio.com.br/cerzido/ ) um crochet? Estes tempos tive uma colcha grande e precisei fazer justamente isso. 

abraços Liane" quinta-feira, 19 de maio de 2011 21h16min00s BRT".
Resposta:
O correto é CIRZIR ou CERZIR? 
Visite a pagina que você indicou e veja: http://www.dicio.com.br/cerzido/ . Confesso que quando do post fiquei em duvida e fiz uma pesquisa sobre como escrever. Consultei alguns sites e decidi por escrever da forma que eu pronuncio: "cirzir", tendo em vista que encontrei as duas formas de se escrever como corretas. Naquele momento não vi esse site que você me indicou. Encontrei no VERBOMATIC http://www.verbomatic.com/pt/Verbo-cirzir, dentre os vários pesquisado,    que  tem até as conjugações. Passe por lá e veja. Optei pela forma que ele escreve e conjuga.  
Pesquisei mais e veja o que encontrei no site a seguir... http://www.priberam.pt/dlpo/Conjugar.aspx?pal=cerzir 
É inacreditável!!!! Assim fica difícil saber a forma correta de se escrever a nossa língua. Caso você tenha alguma sugestão estou aberta a recebê-las. Respeito a nossa língua e como já disse outras vezes, repito: Eu não sou nenhuma Expert em português. Mas gostaria de escrever corretamente pelo menos os títulos ou os nomes dos temas das matérias. Acredito que eu deveria ter escrito COMO RESTAURAR CROCHÊ ou COMO CONSERTAR CROCHÊ ou COMO REMENDAR CROCHÊ :-))) Assim não estaríamos nessa duvida. Vou deixar meu post como está mesmo, por enquanto, porque já divulguei e já está na rede. De qualquer forma, agradeço sua sugestão, tendo em vista que ela nos procipicou o estudo de uma palavra da nossa língua, o que é muito válido. Sem dizer que, nunca é tarde para aprender. 

Atualização...

Veja o que disse a Valeria, uma amiga leitora e que faz trabalhos de crochês maravilhosos. Sua etiqueta é a DAMAMI, seu blog é o DA MAMI...  Se você quiser fazer alguma encomenda escreva para ubaval@hotmail.com  .

Inclusive, quero te dizer que daqui a alguns dias publicarei uma sugestão dela de como conduzir linha no arremate que achei super interessante. Aguarde!
"Sonia  Bom dia! Como diz o assunto, acho que é a língua que mais tem duplicatas de palavras. Isso vem de nossas raízes Portuguesas: como cerzir, que é aceito nas duas versões (cirzir) temos paralelepipedo que em alguns dicionários mais antigos ainda aparece também na linguagem herdada, como paralelepipido. Essa palavra em questão me fez recorrer a varios  dicionários na época; pois que meus filhos estavam no 1º ano e a professora escreveu na forma herdada e eu fui buscar a forma correta e qual não foi a surpresa em achar várias palavras em que são aceitas as duas formas. Então amiga você não está errada. É a nossa língua que tem raízes que ainda não foram cortadas e vem mais uma mudança agora em 2012 que vai trazer ainda mais confusão. Um grande abraço. Valéria"


ATENÇÃO!!!  Atualizando... 
"Assunto: sobre a dúvida quanto ao cirzir/cerzir 
De   Valéria Tarelho 
Olá, Sônia, aqui é a Valéria do "cara de gato", tudo bem com você? 
Estive lendo no seu blog a "polêmica" do cirzir/cerzir e, como vivo da escrita, sempre tenho que me  policiar para não cometer gafes [perdoáveis, menos quanto a pessoa se intitula escritor/a, aí o povo cai em cima..rss], então aí vai uma dica para quando surgir uma ponta de dúvida: 
O site da Academia Brasileira de Letras disponibiliza online o VOLP [Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa], atualizado com as novas regras ortográficas e lá são registradas todas as palavras existentes em nossa língua, se você fizer uma busca e receber informação de que nenhuma palavra foi encontrada, é porque ela não existe oficialmente.
Eis o link que vai direto ao sistema de buscas:
Fique tranquila que "cirzir", embora não seja de uso frequente [usa-se mais o "cerzir" e muitos dicionários nem relacionam o outro termo], existe em nosso idioma.
O VOLP não é dicionário, por isso não traz o significado da palavra, só a classificação como verbo, adjetivo, etc..., mas graças a ele sabemos se tal palavra é aceita oficialmente [muitas que pensamos existir são termos regionais, ou gírias e ainda não foram registradas porque não são faladas pela maioria da população]. 
Desculpe o texto longo e a intromissão no assunto, mas como faço uso frequente desse sistema de buscas, achei que deveria não só compartilhá-lo, como te tranquilizar e acabar com a dúvida: você cirziu direitinho :)
Grande abraço,
Val

RESPOSTA:Valéria foi de grande ajuda sua manifestação. Muito obrigada por sanar a nossa duvida, amiga! 

Amiga, o poema a seguir vem a calhar com essa matéria de hoje:


Por tantas noites venho recolhendo,
pedaços de mim que o vento espalhou,
trapos envelhecidos que tento cerzir
do pouco que de mim, ainda restou...

Partes feitas do silêncio, outras dos ruídos,
razão de lutas e sacrifícios, que juramentei
fragmentos hoje de necessários remates,
nas pausas que sequer lembro, onde parei...

Sim, tenho aprendido a recosturar
os rasgos de mim, em danos reparáveis,
juntando um a um, no passo a passo,
quando julgo, serem todos recicláveis...

São os meus mais íntimos retalhos
que me descreve na forma que sou,
sinais e cicatrizes, riscos de minh'alma
razão do meu existir, meu cobertor

Depois, de cada pedaço remendado,
bordarei escritos, nos refeitos que gerei
farei bordas coloridas, em rendas de fino trato
e tranquila sob o manto protetor, descansarei... 
Lívia Apetitto"

Lívia Apetitto é de Franca, São Paulo, Brasil
Seu blog  é o Palavras e Poemas

Leia também, no Site de Poesias, o poema Remendos Abstratos  acessando o link a seguir... http://sitedepoesias.com/poesias/35225


Abraços com carinho,   

BONS CROCHÊS!

A V I S O



A T E N Ç Ã O!
A V I S O:
Todos os projetos que aqui posto são GRATUITO (FREE). Se você gostar, você pode copiar e tecer peças iguais as minhas. Pode também vendê-las e postá-las nos seus blogs ou espaços da web. Peço em contrapartida referencia ao meu blog e link para o meu post que originou a peça tecida por você. Leia maiores detalhes a seguir...
SOBRE OS MEUS DIREITOS AUTORAIS E CONCESSÕES:
  1. AUTORIZO post dos vídeos de minha autoria... Caso queira postá-los em seus blogs ou nas suas demais páginas da net, fique a vontade... Eles estão disponíveis , desde que você faça referencia ao meu blog e um link explicito para o post a que ele pertence.
  2. AUTORIZO ainda o post de apenas uma FOTO da PEÇA, de cada post, DESDE QUE seja apenas para ilustrar alguma referência que você esteja fazendo ao meu blog ou a alguma matéria da minha autoria. Não se esqueça de fazer um link explicito para meu blog e para post da referida foto...
  3. NÃO AUTORIZO postar fotos dos meus desenhos manuais de gráficos... Post a foto da peça pronta e faça um link explicito para a matéria do meu gráfico... E não diretamente a URL ou link do gráfico ou PAP... Quando se faz um link diretamente para a foto do gráfico isso impossibilita que a sua leitora conheça o meu blog, o que me prejudica financeiramente, tendo em vista que ganho pelo conteúdo, clicks e visitas no meu blog...
  4. NÃO AUTORIZO postar meus gráficos sobre fotos. Pelos mesmo motivos expostos no item 3...
  5. NÃO AUTORIZO postar meus passo-a-passo. Também pelos mesmos motivos anteriormente citados...
  6. NÃO AUTORIZO fazer vídeos das minhas peças seguindo os meus gráficos e PAP...
  7. NÃO AUTORIZO postar meus posts... Isso se chama PLAGIO.. Esse é o máximo dos abusos... Copiar um post inteiro é totalmente inaceitável. Citar uma frase é aceitável, desde que você esteja escrevendo sobre o assunto. Coloque-a entre aspas com o nome e link do blog de forma explicita... Não faça links obscuros...
  8. Em CONTRAPARTIDA peço um link para a matéria da foto que você postar e também que me avise para que eu possa comentá-los.
Conto com a sua compreensão...
Atenciosamente,
Sônia Maria

LINK-ME

TWITTER-TWEET

DIGITE O QUE ESTÁ PROCURANDO AQUI NO BLOG

TODOS OS MARCADORES